CASO DE POLÍCIA

Mãe acusa pai de santo de estuprar seu filho de 14 anos

A mãe de um adolescente de 14 anos registrou boletim de ocorrência acusando o primo dela e pai de santo Agnaldo Martins de Souza de 45 anos de estuprar o garoto no dia de Natal em uma confraternização familiar em Cuiabá.
Segundo o Boletim de Ocorrência 2020-317662, o caso aconteceu no dia de Natal, 25 de dezembro em que eles estavam no Clube Social Basa no Rio dos Peixes, em Cuiabá quando ela decidiu ir para casa. Foi então que seu primo Agnaldo teria pedido para que ela deixasse o filho de 14 anos na festa com ele e o tio. Como o menor estava no meio de parentes, já que Agnaldo é seu primo e com ele também estava seu tio e foi para casa.
A mãe da vítima foi avisada o filho havia sido estuprado.
Ao questionar o seu filho ele começou a chorar e disse que era verdade. Segundo a vítima Agnaldo teria pedido para o menino ir com ele em seu carro. Chagando lá, fechou a porta do carro e pegou a mão do menino e colocou em seu órgão genital obrigando o garoto a masturba-lo. Em seguida teria mandado o adolescente ficar debruço para consumar o ato, mas foi flagrado por um outro garoto e saiu correndo.
Segundo os jovens, Agnaldo teria convidado os meninos para tomar banho no rio sem roupas.
Agnaldo está foragido e o caso segue sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente(DEDDICA).