Sindicatos Rurais concluem série de treinamentos em cadeia produtiva

Os Sindicatos Rurais de Jaciara e Alto Taquari concluíram - no mês de fevereiro - uma sequência de treinamentos na Cadeia Produtiva de soja e milho. O formato consiste em cinco cursos consecutivos realizados no período médio de 15 dias com a mesma turma de participantes.

Dentre as cinco capacitações, quatro foram comuns a ambos os municípios. As Normas Regulamentadoras (NR) em segurança no trabalho nº 12 - máquinas e equipamentos; nº 31.12 - em máquinas e implementos agrícolas e nº 31.8 - aplicação de agrotóxico; e Atendimento ao cliente.

Além deles, em Jaciara houve o curso de Operação e regulagem de implementos agrícolas para semeadura, e em Alto Taquari, o treinamento de Operação de aeronaves remotamente tripuladas – asa rotativa.

Douglas Turchetti, presidente do Sindicato Rural de Alto Taquari, considera que a capacitação possibilita novas oportunidades aos migrantes. “Muitos se mudam de outras regiões do país focados em uma vaga disponível aqui. Os treinamentos possibilitam que a pessoa se estabeleça no município, mesmo se aquela oportunidade de emprego não existir mais. Ela se capacita para trabalhar em outra área e não precisa se mudar novamente”.

Para o presidente do Sindicato Rural de Jaciara, Alberto Chiapinotto, a qualificação de mão de obra ajuda os profissionais e movimenta a economia local. "Ver o pessoal aplicando os conhecimentos no mercado de trabalho, não tem preço", afirma.

Estudante de agronomia, Talita Araújo cursa o 3º ano da faculdade e enxerga o treinamento como uma chance de ver novas possibilidades na área. "Gostei muito da parte de mecanização apresentada no último módulo e eu, que sempre gostei de pesquisa, passei a olhar mais para esse campo".

Segundo o instrutor credenciado junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), Filipe Campos, o formato auxilia o aprendizado. "Primeiro foi apresentada a parte administrativa e depois as normas. O pessoal acaba saindo com a bagagem completa para conseguir uma boa oportunidade no mercado de trabalho".

Mobilização - As turmas foram organizadas pelas mobilizadoras Andréia do Nascimento e Claudisse dos Anjos. "Essa oportunidade faz com que a pessoa busque capacitação para ser bem colocado no mercado de trabalho e beneficia todos os moradores do Vale do São Lourenço", destaca Andreia.

Os cursos respeitaram as restrições sanitárias para prevenção à Covid-19. "Este é o terceiro ano que realizamos esse tipo de treinamento, e em 2021 documentamos junto à vigilância sanitária", afirma Claudisse.